Mudança de rota

De economista a educadora

Escrito por formeieagora

Fui “adolescente-adulta”, decidi desde os meus 12 anos de idade que queria entrar numa universidade pública, de preferência na USP. Tinha tão claro esse sonho que me esforcei muito no Ensino Médio para conseguir realizá-lo: estudava muito, chorava e sofria demais quando tirava notas ruins, além de nunca ficar satisfeita com as boas notas.

Fiz 1 ano e meio de cursinho, fiquei sem vida social e pessoal, extremamente estressada… cheguei inclusive a parar no hospital porque desmaiei no ônibus indo para o cursinho. O nível de stress foi tão alto que a médica chegou a me receitar antidepressivo, até o dia que desmaiei do nada no banheiro de casa e minha mãe simplesmente jogou o remédio no lixo.

No fim das contas, o esforço valeu muito a pena! Escolhi Economia e passei em 3º lugar na USP, em 4º na UNESP e na 2ª chamada na UNICAMP. Porém, logo depois de formada, percebi que não era isso que eu queria.

trajetoria-marina-apore

Descobri que o que me move é contribuir com o desenvolvimento de pessoas. Isso não aconteceu só comigo, continua acontecendo com muitos jovens ao redor do mundo: 45% dos vestibulandos tem transtorno depressivo e 80% dos jovens apresentam sintomas de timidez ou insegurança.

apore-formei-e-agora

Por ter passado por essa experiência na minha vida decidi largar tudo há 2 anos atrás e entrar na área de educação criando a Aporé, uma aceleradora de pessoas, e temos hoje um programa que apoia os jovens na busca de uma carreira de sucesso com propósito: o Programa Paranauê. O programa dura 6 meses e contribui com o jovem na busca de uma carreira de sucesso aliada aos seus potenciais, talentos e propósito, oferecendo uma metodologia prática e divertida. Mais de 90% dos jovens que participaram no ano passado apresentaram excelentes resultados com relação à carreira, autoconhecimento e desenvolvimento de competências e habilidades do século XXI.

pesquisa-programa-paranaue-2015

A Aporé é um negócio social, ou seja, somos uma empresa que soluciona um problema social e, ao mesmo tempo, somos autossustentáveis financeiramente. Por ter o foco social como principal valor da empresa, lançamos uma campanha de crowdfunding agora (captação de recursos pela internet) para oferecer 15 bolsas integrais para jovens sem condições financeiras participarem do Paranauê: www.juntos.com.vc/paranaue. Qualquer pessoa pode contribuir com a campanha a partir de 5 reais! É tão fácil quanto comprar uma pizza 🙂 Espalhe essa campanha para os 4 cantos do mundo junto com a gente e acompanhe o nosso trabalho de perto, você é nosso convidado especial!

E bora cada um, na sua realidade, com os seus talentos, contribuir para que cada vez mais pessoas tenham vidas com significado <3

Por Marina Teixeira

Sobre o autor

formeieagora

Deixe uma resposta